Fotografia de Pedro Cavaco

Menu:

Pesquisar

Junho 2012
M T W T F S S
« May   Jul »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Categorias

Momentos


Social

Twitter

Suportes

Arch Linux Whos Amung Us Valid XHTML 1.0 Transitional Valid CSS Level A conformance Valid RSS

E250: Nitrito de Sódio

Imagem do E250Este artigo que andava para escrever já lá vão umas semanas tem a sua origem num acaso tão simples como qualquer outro, mas tudo começou numa altura em que comecei a praticar mais “desporto” e a reparar na minha alimentação.
Coincidência das coincidências, calha em conversa com o meu irmão o facto de uma determinada marca de iogurtes estar a usar mais aditivos que outra, e a partir dai a minha consciência para o que comemos mudou completamente.

Comecei por observar a típica “comida lixo” onde as marcas brancas funcionam como uma espécie de eutanásia, por definição e numa média bastante “ponderada” a quantidade de aditivos é normalmente duas ou três vezes superior em relação aos produtos de marca.
Sim sim, é tudo feito na mesma fábrica, certo… não é é tudo feito da mesma maneira, confirmem por vocês próprios.

Passei depois para a observação do mais banal, aquilo que consumimos no nosso dia a dia, e que julgava ser o mais “seguro”, de uma maneira geral até o é, mas houve algo que me deixou estupefacto, chama-se nitrito de sódio também conhecido como E250.
O Nitrito de Sódio é um aditivo alimentar na área dos conservantes que resumidamente mantêm a cor dos alimentos enquanto os protege da bactéria responsável pelo botulismo. O nitrito de sódio é também um dos principais responsáveis pela formação de Nitrosaminas um composto químico cancerígeno.

De quem já fez o teste, todas a carnes processadas (fiambre, chourição, presunto, bacon, salsichas …. etc…) que queiram comprar no vosso mercado do costume, contêm o E250, o que significa que o principal “conduto” da alimentação portuguesa vive lado a lado com uma espécie de assassino com licença para matar.

Se ligarmos os pontos, percebemos porque é que sendo Portugal um dos países com uma das dietas mais saudáveis do mundo (a dieta mediterrânica) é igualmente o país com mais casos de cancro do estômago dentro da União Europeia (minuto 1:55).
Existem países onde o nitrito de sódio é proibido, existem outros onde a proibição do seu consumo baixou drasticamente a percentagem de incidência do cancro, e existem inclusive relatórios bastante explícitos dentro da EFSA, esta é uma área bastante cinzenta com demasiados pormenores que muitas das vezes não estão à mostra e também não convém mostrar.

Nunca expressão, “é comer e calar” fez tanto sentido, embora gostasse realmente que este assunto fosse alvo de uma investigação séria e aprofundada. Senhores jornalistas…

PS: A melhor aplicação que encontrei para Android/iOS foi a “E Numbers Calc: Food Additives”, boas caçadas!

Comentários

GravatarComentário de Gilberto Pereira
12 de Junho de 2012, 10:27 ante meridiem

Bom dia Pedro.
Verifica por favor as tuas configurações, o meu anti-virus anda doido a detectar trojans no teu site, de cada vez que abro uma página!!

GravatarComentário de Nuno
12 de Junho de 2012, 12:40 post meridiem

“Bom dia Pedro.
Verifica por favor as tuas configurações, o meu anti-virus anda doido a detectar trojans no teu site, de cada vez que abro uma página!!”

Aqui tb acontece o esmo!